Domingo, 30 de Abril de 2006

Feliz Aniversário, Filha

bolo11.gifHoje é dia do 19º aniversário da minha filhota,

        como o tempo voa! 

 Parabéns minha filha, por mais esta data. 

Vai em frente. Continua no caminho que escolheste, estarei sempre aqui sendo a tua maior torcedora.

Parabéns nesta data querida e que muitos e muitos anos tenhas pela frente para realizar os teus sonhos maiores.

Aceita as flores que te mando assim, virtualmente. Este singelo presente é o que encontrei que mais simboliza de toda a sua singileza o tamanho e a pureza do meu amor.

Beijos e que todas as forças do Universo estejam contigo, hoje e sempre.

Da

Mãe que te adora.

 

sinto-me:
publicado por apenasumolhar às 20:07
link do post | comentar

Filosofia do camelo

Uma mãe e um bebê camelo, estavam por ali à toa, quando de repente o bebê camelo perguntou:

- Por que os camelos têm corcovas?
- Bem, meu filhinho, nós somos animais do deserto, precisamos das corcovas para reservar água e por isso mesmo somos conhecidos por sobreviver sem água.
- Certo, e por que nossas pernas são longas e nossas patas arredondadas?
- Filho, certamente elas são assim para permitir caminhar no deserto. Sabe, com essas pernas longas eu mantenho meu corpo mais longe do chão do deserto que é mais quente que a temperatura do ar e assim fico mais longe do calor.
  Quanto ás patas arredondadas eu posso me movimentar melhor devido a consistência da areia!
- Certo! Então, por que nossos cilios são tão longos? De vez em quando eles atrapalham minha visão.
- Meu filho! Esses cilios longos e grossos são como uma capa protetora para os olhos, eles ajudam na proteção dos meus olhos quando atingidos pela areia e pelo vento do deserto! respondeu a mãe com orgulho.
- Tá,então a corcova é para armazenar agua enquanto cruzamos o deserto, as pernas para    caminhar atraves do deserto e os cilios são para proteger meus olhos do deserto.
- Então que droga estamos fazendo aqui no Zoológico????

Moral da historia: "Habilidade, conhecimento, capacidade e experiência só são úteis se você estiver no lugar certo."

VOCÊ ESTÁ NO LUGAR CERTO ???

sinto-me:
publicado por apenasumolhar às 19:31
link do post | comentar
Sábado, 29 de Abril de 2006

Dia Mundial da Dança

Katia Garza, Bailarina
"A Dança nasce da necessidade de se dizer o indizível, pois nada é mais revelador que o próprio gesto".

Dançar... um dos maiores prazeres que o ser humano pode desfrutar. Uma acção que traz uma sensação de alegria, de poder, de euforia interna e, principalmente, de superação dos limites dos seus movimentos. Algumas pessoas não se importam com o passo correto ou errado e fazem do acto de dançar uma explosão de emoção e ritmo que comove quem assiste. Superam os entraves emoldurados pela vergonha e invadem as pistas de dança, mostrando numa expressão corporal todo o sentimento gerado por diferentes ritmos de música. É como se a dança fizesse parte do ser. Não é possível ouvir uma música sem que seu corpo a traduza em movimentos. Há crianças, e até bébés, que ritmicamente expressam a sua percepção musical. Mas há também aqueles que se limitam a olhar o hábil dançarino e se extasiam ao se imaginarem no seu lugar. Querem ser “o que dança”, querem estar no papel de quem dança, mas não conseguem sincronizar os seus movimentos com o ritmo proposto por uma música. As suas expressões ficam limitadas à sua imaginação, pois o que lhe parece é que o seu corpo não pode responder às coreografias que a sua mente cria.

Dançar é expressar emoções por meio do corpo. É esculpir no ar figuras harmoniosas que nascem de um pulsar da música.

Mas se dançar é sinónimo de prazer e só faz bem, porque é restrito a alguns? Por que nem todos experimentam essa sensação? Que magia é essa que está reservada aos que dançam? Será que todos os que dançam sentem essa magia? O que sentem aqueles que não dançam? Porque dançam ou porque não dançam?

Indagações que perpassam o pensar daqueles que vivem pela dança. 

sinto-me:
publicado por apenasumolhar às 23:30
link do post | comentar
Sexta-feira, 28 de Abril de 2006

Movimentos perpétuos

000262kw
Mares convulsos, ressacas estranhas
Cruzam-te a alma de verde escuro
As ondas que te empurram
As vagas que te esmagam
Contra tudo lutas
Contra tudo falhas

Todas as tuas explosões
Redundam em silêncio
Nada me diz

Berras às bestas
Que te sufocam
Em braços viscosos
Cheios de pavor
Esse frio surdo
O frio que te envolve
Nasce na fonte
Na fonte da dor

Remar remar
Força a corrente
Ao mar, ao mar
Que mata a gente
-Xutos e Pontapés/Remar, Remar-
sinto-me:
publicado por apenasumolhar às 11:49
link do post | comentar
Quinta-feira, 27 de Abril de 2006

Pinturas 3D

http://www.techeblog.com/index.php/amazing-3d-murals/
títulos:
publicado por apenasumolhar às 17:26
link do post | comentar

Cantiga Mundana

De teus olhos retirei a tristeza,
bebi as lágrimas salgadas;
lambi o abandono.

Ofereci esperanças, doei certezas -
segurança - e os lambuzei
com o mel dos meus.

Da tua boca seca arranquei
o riso louco de macho corno,
o sorriso morto de Prometeu.

Com os dedos refiz os sulcos
da boca ferida.
E com minha própria saliva
matei tua sede de vida.

Lavei tua alma, e a vesti
novamente em brios.
E - como se não bastasse -
a enfeitei com fios,
roubados, dos pêlos do homem
que, antes de ti, era o meu.

Te abri as pernas, as portas,
a seiva e a cama.
Te banhei no gozo de infinitas
noites profanas.
Te ninei em cantigas mundanas.

Depois de lavado, lambido.
Já saciado, curado, vestido.
Retornastes a teu destino
de animal predador.
Me deixando apenas alguns
pêlos dourados - que recolhi -
esquecidos no cobertor.


Márcia Leite

publicado por apenasumolhar às 13:36
link do post | comentar

...

sinto-me:
publicado por apenasumolhar às 13:21
link do post | comentar

...

Quando a oportunidade bate à porta, algumas pessoas estão no quintal procurando trevos de 4 folhas.
Easy Free Borders from TagBot Borders
publicado por apenasumolhar às 11:06
link do post | comentar

Sugestão poética

 

PERGAMINHO DE POEMAS

poesia

Ana Amorim e Hugo Justo

  

«(…) A Ana Amorim e o Hugo Justo vivem poesia.

Isto é, não se limitam a escrevê-la, vivem-na.

Como é possível viver poesia num Hospital, como aquele em que trabalham, na periferia de Lisboa? — perguntará o leitor, habituado a identificar sofrimento, carência, ciência, tecnologia, ambiente hospitalar com a mais crua prosa, a mais implacável materialidade. E, isto, para já não falar nas rotinas, nos horários, nos turnos, nas burocracias, nas banalidades funcionais.

Puro equívoco: o poeta é poeta, independentemente do tempo e do espaço concretos do momento; mas, ainda que assim não fosse, e que o poeta devesse à sua circunstância o essencial da sua vida, o convívio com a dor, o padecimento, o confronto de cada qual consigo próprio, a situação-limite na vida como perante a morte, constituem, eles próprios, elementos únicos de inspiração. Quer para evocar sentimentos, quer para afirmar valores.

A Ana Amorim e o Hugo Justo juntam à sua veia inata a inspiração do seu quotidiano, mas também uma visão do mundo que corresponde à Fé, a uma Fé cristã.

E tudo associado a um toque bucólico não urbano, que se soma aos núcleos sobre os amores, o divino, os poetas, os sentimentos (e aos chamados poemas soltos).

Neste quadro temático, particularmente importante e tocante é o diálogo entre os autores, matéria a matéria, tópico a tópico, capítulo a capítulo.

A confirmar uma empatia feita de anos de convivência profissional, certamente, mas sobretudo de convivência humana (…)».

 

Excerto do Prefácio

Profº Marcelo Rebelo de Sousa

sinto-me:
títulos:
publicado por apenasumolhar às 10:03
link do post | comentar
Segunda-feira, 24 de Abril de 2006

As portas que Abril abriu

00023t82

títulos:
publicado por apenasumolhar às 23:49
link do post | comentar

A definição de fracasso (failure)

1) Entre em http://www.google.com

2) Escreva "failure", sem as aspas (fracasso em inglês)

3) Em vez de clicar em "Pesquisa Google" clique em "I'm Feeling Lucky" (Sinto-me com sorte)

4) Tire suas conclusões... e espalhe por ai antes que o Google se dê conta, ou será que não sabe? :-)

sinto-me:
títulos:
publicado por apenasumolhar às 17:06
link do post | comentar
... ...

.olhares recentes

. Capicua escrita

. Máquina de loiça... de po...

. Viver no Kruger Park!

. Aventura no Deserto em TT...

. O Amor Visto Pelas Crianç...

. Design Utilitário Curioso

. Para Rir!

. Patriotismo...

. Sons que gosto de ouvir

. ABRIL, 25

. Fotos de Portugal

. Para pergunta disparatada...

. Maria, a grande artista d...

. No Arquivo Nacional da To...

. E-cards

.olhares passados

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.olhares favoritos

. Poema à mãe

. MAIO - Mês de Pirilampo

. Projecto Esperança - Ajud...

.pesquisar

 

.outros olhares